Apartamento em Guaianazes/SP

ModalidadeOnline
Local do leilãoRua Antônio Thadeo, 373 - Guaianases, São Paulo - SP, 08450-160
Visitação/ horárioNão há Visitação
2ª Praça
AberturaFechamentoLance Inicial
17/10/2019 15:0017/11/2019 15:00R$ 110.898,94

Os direitos sobre o Apartamento n° 402, localizado no 4° pavimento do bloco 7, empreendimento Residencial Paraná, situado na Rua Antônio Thadeo n° 373, no distrito de Guaianazes, com a área privativa de 38,5365 m², área comum de 22,0659 m², área total de 60,6024 m² e a fração ideal no terreno de 0,427947%.

2 Dorm, Vaga e 25% Entrada

Lote 01: 2 Dorm, Vaga e 25% Entrada

Valores atualizados

Avaliação150.000,00
Lance mínimo 1ª praça184.831,56
Lance mínimo 2ª praça110.898,94
Incremento1.000,00

Resultado parcial

Maior lanceN/D
UsuárioN/D
Visitas167

APARTAMENTO EM GUAIANAZES - SÃO PAULO/SP:Os direitos sobre o Apartamento n° 402, localizado no 4° pavimento do bloco 7, empreendimento Residencial Paraná, situado na Rua Antônio Thadeo n° 373, no distrito de Guaianazes, com a área privativa de 38,5365 m², área comum de 22,0659 m², área total de 60,6024 m² e a fração ideal no terreno de 0,427947%.

Nº da Matricula:127.664 no 7º CRI de São Paulo-SP.

Nº de Contribuinte:115.293.0314-0.

Para Consultar o Processo,Clique Aqui.

DEBITOS:Eventuais débitos de IPTU ficarão sub-rogados no crédito e os débitos condominiais remanescentes, em razão de insuficiência do valor da arrematação, ficarão por conta do executado até a data em que o arrematante for imitido na posse do imóvel, conforme § 1º do Art. 908, observando-se a ordem de preferência. Constam débitos conforme a relação a seguir:

DÉBITOS DE CONDOMÍNIO(DÉBITO EXEQUENDO):Penhora Av. 18. Constam débitos condominiais no valor de R$38.403,89 (para 27 de Junho/2019), conforme planilha apresentada pelo exequente. Além deste valor, há débitos há taxas vencidas em 10.04.19 e 10.06.19 no valor de R$ 3.582,89, ainda a ser deliberado pelo Juiz. Há penhora na Av. 17, Processo 0136901-25.2007.8.26.0100, entretanto, o processo fora extinto e fora solicitado, por este leiloeiro, providências quanto a baixa desta penhora.

DÉBITOS TRIBUTÁRIOS:Em caso de arrematação, o crédito do exequente no processo em epígrafe, por sua natureza “propter rem”, acrescido de eventuais débitos de IPTU (mediante apresentação de extrato pelo arrematante ao MM. Juízo da causa), terão preferência sobre os demais, sendo o débito atualizado, acrescido das parcelas vincendas até a realização da alienação (Art. 323, Art. 908, § 1º e § 2º do NCPC e Art. 130, Par. Único do CTN).

IPTU – DÍVIDA ATIVA:Constam débitos no valor de R$3.629,18 (Atualizado 19/08/2019)

IPTU – EXERCÍCIO ATUAL:Constam débitos no valor de R$417,92 (Atualizado 19/08/2019)